IDEAES recebe doações de 4,6 toneladas de roupas da Receita Federal

Uma assinatura e o aperto de mãos dos parceiros fecharam mais uma excelente ação a ser desenvolvida pelo Projeto Araguaia Cidadão, que será realizado entre os dias 12 e 21 de agosto em cinco cidades do Vale do Araguaia. A Receita Federal doou 4.600 quilos de roupas, mantas, toalhas e sandálias que serão distribuídas aos moradores dessa região durante a ação, que ainda prevê atendimento médico e jurídico.

“A parceria se deve também à credibilidade do presidente do TJMT, Carlos Alberto. Nos moldes do Ribeirinho Cidadão estamos montando uma grande estrutura de serviços a serem disponibilizados na região conhecida como Vale dos Esquecidos, que é a Região do Araguaia. Passaremos por Alto Araguaia, Araguainha, Ponte Branca, Ribeirãozinho, Torixoréu e Pontal do Araguaia. São cerca de 45 mil habitantes. Cada parceiro em seu campo de atuação e responsabilidade ajudará nesta grande ação de inclusão social”, explicou o responsável pela iniciativa por parte do Poder Judiciário, o juiz José Antonio Bezerra Filho.

Entre os produtos doados estão camisetas, sandálias, mantas, toalhas, cuecas e shorts. Já os serviços a serem oferecidos envolvem o acesso à justiça, à saúde e à cidadania, como registro tardio, resolução de conflitos sociais, casamento comunitário, consultas médicas, oftalmológicas e odontológicas, além de vacinas e a confecção de documentação.

O delegado da Receita Federal em Cuiabá, Oldésio Silva Anhesini, explicou que a Receita Federal, Judiciário e, principalmente, a sociedade ganham com a parceria. “Estamos em um Estado com uma dimensão territorial extremamente grande e é de fundamental importância essa parceria para que promovamos ações socioambientais como esta. O papel da Receita Federal é fazer retornar à sociedade brasileira os produtos apreendidos de alguma maneira, quer seja via leilão, a destruição de objetos sem classificação e a doação, como neste caso. Também estaremos na ação com a emissão e regularização de CPFs”, disse o delegado.

“São 4,6 toneladas de produtos apreendidos/doados. Acreditamos que conseguiremos atender a todas as comunidades visitadas nesta ação. Lembrando que este não é um trabalho de doação exclusivo ao Poder Judiciário, outras instituições também podem se cadastrar e requerer. Em sua grande maioria temos produtos novos. Eles entram ilegalmente no Brasil pelas fronteiras e são apreendidos por nossos parceiros como as polícias Federal, Rodoviária Federal, Civil e Militar. São produtos oriundos de contrabando ou descaminho”, explicou o chefe da Sessão de Apoio Logístico da Receita Federal, Nilton Sérgio Lourenço.

“Essa parceria com a Receita é muito importante, pois atenderemos uma população em situação de vulnerabilidade. Essa roupa será destinada a essas pessoas. Todos os parceiros estarão integrados em fazer o bem. E a parceria continuará no Ribeirinho Cidadão 2020. Assim que terminarmos o Araguaia Cidadão já iniciaremos os preparativos para o outro evento”, revelou o juiz José Antonio.

As doações terão apoio e supervisão do Instituto Ideais. “Somos cadastrados junto à Receita Federal para que pudéssemos receber os produtos de apreensões. Várias exigências são feitas para isso. Vamos receber e conferir a mercadoria e acompanharemos o Poder Judiciário e parceiros na distribuição de todo material arrecadado”, disse o presidente Mário Márcio Pécora.

A entrega dos produtos ainda contou com a participação da assessora da Justiça Comunitária, Tatiane Guerra.

Fonte: Assessoria TJMT