O que fazemos

O INSTITUTO IDEAES tem por finalidade cooperar para o desenvolvimento econômico, educacional, social, cultural, turístico, esportivo, paradesportivo, ambiental, mobilidade urbana, e na defesa dos direitos difusos e coletivos do Estado Mato Grosso e seus Municípios, por meio da mobilização, recursos humanos e materiais, elaboração e fiscalização de projetos básicos de engenharia, elaboração e fiscalização projetos técnicos executivos de engenharia, elaboração e acompanhamento projetos de viabilidade econômica e financeira para empreendimentos públicos e privados, fiscalização, execução e manutenção de obras de engenharia de interesse do instituto,  bem como do entrosamento e relacionamento com os mais diversos organismos públicos e privados, nacionais e (estrangeiros) internacionais na captação, prospecção e aplicação de investimentos financeiros,  de recursos “à fundo perdido” e Emendas parlamentares municipais, estaduais e federais.

O IDEAES, na procura de melhores condições de vida para a população residente em sua área de ação, procurará, dentro de seus recursos e possibilidades:

I – Realizar estudos, pesquisas e levantamentos, bem como elaboração e execução de projetos nas áreas econômica, educacional, social, cultural, turística, esportiva, paradesportiva, ambiental, mobilidade urbana e defesa dos direitos difusos e coletivos, elaborando projetos e programas específicos que visam solucionar problemas nelas existentes;

II – Executar projetos, programas e serviços, de acordo com seus objetivos, através de seus órgãos especializados, em benefício da comunidade;

III – Colaborar no planejamento e execução de programas e projetos de promoção humana, Pessoas com Deficiência, grupos e comunidades em risco social, e de desenvolvimento sócio econômico do Estado de Mato Grosso, através de serviços da assessoria técnica e cooperação financeira, termos de Fomento, destinação de Emendas Parlamentares, mediante contratos e convênios com entidades nacionais e internacionais;

IV – Cooperar com as Instituições Federais, Estaduais e Municipais na divulgação, implantação, em defesa dos Direitos das crianças, adolescentes, jovens, Idosos, Pessoas com Deficiência e Povos e Comunidades Tradicionais, através de recursos disponíveis e adequados;

V – Cooperar com as Instituições Federais, Estaduais e Municipais na divulgação, implantação, execução em defesa dos direitos difusos e coletivos e desenvolvimento da mobilidade urbana, através de recursos disponíveis e adequados;

VI – Promover capacitação, treinamentos, cursos livres, eventos, festivais, pesquisa, coordenação técnica, jurídica e pedagógica própria, ou em parceria com entidades públicas ou privadas nas áreas afins e correlatas, com a finalidade de colaborar com os órgãos e poder público e demais entidades nas ações voltadas à mobilidade urbana, direitos difusos e coletivos, desporto e paradesporto e áreas correlatas, bem como ações e projetos voltados à proteção do meio ambiente, e/ou que favoreçam o desenvolvimento sustentável no Estado de Mato Grosso, ou ainda, a pratica do desporto e paradesporto, com a finalidade de alcançar o desenvolvimento integral do indivíduo e sua formação para o exercício da cidadania e a pratica do lazer;

VII – Fomentar através das atividades esportivas e outros programas e projetos as diversas áreas do conhecimento humano, com o objetivo de resgatar crianças, adolescentes em situação de risco;

VIII – Proporcionar através da atividade física, social, ambiental, econômica, educacional, cultural e turística, o combate às drogas lícitas e ilícitas, na busca incessante para reinserir seus usuários na sociedade, diminuindo as situações de vulnerabilidade social, com ênfase na criança, adolescente, pessoas com deficiências, povos e comunidades tradicionais e da terceira idade;

IX – Promover eventos e festivais culturais, esportivos e de lazer para a comunidade específica e em geral;

X – Promover eventos e festivais nas áreas do turismo e meio ambiente para a comunidade em geral;

XI – Promover organização de cursos, simpósios, colóquios, seminários com os temas e objetivos mencionados nas prerrogativas deste instituto;

XII – Fomentar e corroborar com a produção literária e serviços correlatos.

XIII – Criar e manter serviços educativos e assistenciais que beneficiem quaisquer cidadãos carentes, através de cursos, seminários e demais mecanismos para formação de mão-de-obra especializada, buscando integra-los ao mercado de trabalho, diretamente ou através de parcerias nas suas múltiplas formas;

XIV – Preservar os valores históricos, turísticos e culturais, promovendo a documentação em suas mais variadas formas, inclusive a museologia, incentivando a pesquisa e difundindo as manifestações culturais e turísticas em Mato Grosso;

XV – Promover, elaborar e apoiar múltiplas ações e objetivos, observadas as finalidades e devidas proporções, as entidades sociais desenvolvidas pelas Associações Comunitárias de cidades, povoados, bairros, vilas, grêmios assistenciais, desportivos, paradesportivos, clube de mães e outras entidades afins, inseridas nas comunidades locais;

XVI – Concorrer a editais destinados aos segmentos de desenvolvimento econômico, educacional, social, cultural, turístico, ambiental, esportivo, paradesportivo, ecológico, mobilidade e acessibilidade urbana, captação de recursos nacionais e internacionais para investimentos no estado de Mato Grosso e seus Municípios em  desenvolvimento de projetos básicos e técnicos executivos de engenharia, projetos de viabilidade econômica e financeira de empreendimentos públicos e privados, bem como na execução destes e na defesa dos direitos difusos e coletivos;

XVII – Assessorar instituições públicas e privadas que desenvolvem empreendimentos, projetos e programas sociais para habitação urbana e rural e também a geração de emprego e renda;

XVIII – Captar, celebrar e manter acordos, convênios e intercâmbio com entidades públicas e privadas nacionais e internacionais;

XIX – Registar, cadastrar e regulamentar o instituto nos órgãos competentes para exercer as atividades correlatas ás suas atribuições técnicas executivas.

XX – Promover a Seleção de: projetos básicos e técnicos executivos de engenharia, projetos de viabilidade econômica e financeira de empreendimentos públicos e privados, bem como auxiliar, acompanhar e fiscalizar a execução destes de acordo com as leis vigentes de contratação pública e privada.

XXI – Na realização de execução de: planejamentos, seleção, obras, projetos, programas e atividades afins e correlatas ao INSTITUTO, observando-se a forma complementar de participação entre as partes interessadas para apenas os custos dos processos e atividades contratadas, serão excluídas quaisquer formas de cobranças, arrecadações compulsórias e condicionamentos a doações e contrapartidas.

O INSTITUTO IDEAES, no cumprimento de suas finalidades poderá firmar convênios, acordos, termos de fomento, contratos administrativos, contratos civis, termos de parceria e outros assemelhados, com instituições públicas e privadas tendo como objetivos o cumprimento de suas finalidades estatutárias, voltadas sempre para o desenvolvimento social, econômico, cultural, turístico, desportivo, paradesportivo, ambiental, enfim, do desenvolvimento humano nos seus múltiplos sentidos.